Casa Branca: Custo do Tarp deve ser inferior a US$ 50 bi

O custo do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês), originalmente projetado em centenas de bilhões de dólares, deve ficar em menos de US$ 50 bilhões. O presidente dos EUA, Barack Obama, recebeu essa estimativa durante a reunião diária sobre economia, segundo o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

30 de setembro de 2010 | 19h26

O Tarp é um programa do governo dos EUA lançado no auge da crise econômica, em 2008, para impulsionar o setor financeiro, por meio da compra de ativos e ações. A previsão inicial para o programa, que deve ser encerrado na próxima segunda-feira, era de US$ 700 bilhões. Mas previsões mais recentes sugeriam que o Tarp custaria entre US$ 66 bilhões de US$ 105 bilhões. Segundo Gibbs, as estimavas sobre os custos "provavelmente só devem melhorar", já que os investimentos do governo em várias empresas estão começando a ser pagos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ajudafinanceiracriseTarpEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.