Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Casa Branca diz que Geithner ajudou a salvar economia dos EUA

A Casa Branca manifestou nesta quinta-feira seu apoio ao secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, depois que ele defendeu no Congresso o custoso pacote de ajuda ao American International Group (AIG) e que um parlamentar pediu sua renúncia.

REUTERS

19 de novembro de 2009 | 20h54

"O secretário Geithner ajudou a orientar a economia americana a voltar da beira do abismo, e agora está liderando o esforço para uma reforma financeira", disse a porta-voz da Casa Branca Jennifer Psaki.

Mais cedo, em seu testemunho no Comitê Econômico do Congresso, Geithner disse que a falência da AIG representava um risco significante para a economia, diante do colapso do banco de investimento Lehamn Brothers, que espalhou um pânico que virtualmente derrubou o comércio global e ameaçou minar todo o sistema financeiro.

O pacote de ajuda à AIG tornou-se um símbolo da revolta dos eleitores com as falhas de Wall Street e do financiamento de 700 bilhões de dólares, complicando os esforços da Casa Branca para aprovar um projeto de reforma.

(Reportagem de Alister Bull)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGEITHNERCASABRANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.