Casino assume controle da rede Monoprix

Os grupos franceses Casino e Galeries Lafayette assinaram ontem carta de intenções sobre a participação na rede de supermercados Monoprix, controlada por ambas desde 2002. Segundo comunicado, foi fechado um acordo para aquisição pelo Casino da fatia da Galeries na Monoprix por 1,175 bilhão no ano que vem.

VANESSA STECANELLA, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2012 | 03h07

A operação, que dá ao Casino o controle da rede varejista, será concluída após a aprovação por autoridades francesas. O acordo acontece uma semana após o Casino assumir o controle do Grupo Pão de Açúcar.

Além disso, os acionistas aprovaram a nomeação de Jean-Charles Naouri, presidente do Casino, como membro do conselho da Monoprix. Philippe Houzé, presidente da Galeries, permanecerá presidente da Monoprix. Após a assinatura de um acordo definitivo, o Casino poderá nomear um novo presidente para a companhia. Após a conclusão da venda de ações, os sócios terão de abandonar as demandas judiciais pendentes.

Em 11 de maio, os acionistas do Casino aprovaram a saída de Philippe Houzé do conselho de administração do grupo. A decisão foi resultado dos desentendimentos entre os dois empresários. Na ocasião, o empresário Abilio Diniz também foi retirado do conselho do Casino em função de conflitos com Naouri criados pela tentativa frustrada de fusão entre o Pão de Açúcar e o Carrefour no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.