Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Casino deterá 4,887 mi de ações com renúncia de Diniz

O Pão de Açúcar informa que recebeu correspondência de seu controlador, Casino Guichard-Perrachon, comunicando que, ao final da troca de participação acionária com o empresário Abilio Diniz e empresas controladas por ele (Grupo AD), o Grupo Casino será titular de 4.887.819 ações preferenciais da Companhia Brasileira de Distribuição (CBD) e da totalidade do capital social de Wilkes, empresa da qual os dois eram sócios para controlar o Pão de Açúcar.

FÁTIMA LARANJEIRA, Agencia Estado

09 de setembro de 2013 | 11h37

Os acionistas contrataram a troca de participações societárias em duas etapas: a imediata permuta de 8.145.925 ações preferenciais de emissão de CBD de propriedade do Grupo Casino pelo mesmo número de ações ordinárias de emissão de Wilkes, de titularidade de Península Participações, de Abílio Diniz; e a permuta de adicionais 11.229.075 PNs da CBD pelo mesmo numero de ações ordinárias de Wilkes quando obtida a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Segundo o comunicado, não são detidas pelo Grupo Casino debêntures conversíveis em ações emitidas pela CBD.

Diniz renunciou aos cargos de presidente do Conselho de Administração, de membro do comitê de recursos humanos e remuneração, e conselheiro de Wilkes. "Como resultado da permuta de participação acionária mencionada acima, nem o Grupo AD, nem o Sr. Abilio Diniz, terão qualquer direito de sócio diferente daqueles concedidos aos acionistas pela Lei das S.A", informou a empresa na sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.