Catalunha aprova plano sobre referendo de independência

Movimento para realizar o referendo foi aprovado com o voto dos partidos nacionalistas catalães e de esquerda, enquanto a direita votou contra 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de setembro de 2012 | 15h24

MADRI - O Parlamento da Catalunha, dominado por partidos nacionalistas catalães, aprovaram nesta quinta-feira, 27, um plano para realizar um referendo sobre uma possível declaração de independência da região espanhola.

O movimento para realizar o referendo, o que pode levar a um confronto de alto perfil político com o governo central do país, foi aprovado com o voto dos partidos nacionalistas catalães e de esquerda, enquanto o conservador Partido Popular - que detém uma grande maioria na parlamento espanhol - votou contra.

O Partido Socialista, que até recentemente estava no poder na Catalunha, não deu nenhum voto em protesto à proposta, que considera ilegal.

A vice-primeira-ministra da Espanha, María Soraya Sáenz de Santamaría, disse que o governo do país é totalmente contra esse referendo, e vai usar "todas as ferramentas à sua disposição" para impedir que o referendo seja realizado.

Os partidos nacionalistas catalães reclamam que uma grande fatia de recursos provenientes da região, uma das maiores da Espanha, acabam em regiões mais pobres. Eles tentaram negociar um novo acordo fiscal com o governo central, mas a tentativa foi rejeitada recentemente. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Catalunhaindependência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.