Caterpillar prevê vendas nos níveis de 2008 em 5 anos

O presidente e executivo-chefe da Caterpillar, James Owens, disse aos acionistas da gigante fabricante de equipamentos de construção que está confiante de que a companhia será capaz de retornar aos níveis recordes de receita registrados em 2008 dentro dos próximos cinco anos. A Caterpillar alertou em abril que o declínio na economia global reduziria suas vendas e a receita deste ano em mais de 30%, de US$ 51,3 bilhões registrados em 2008. Owens prevê que existe "80% de chance de que nos próximos cinco anos estaremos acima de US$ 50 bilhões" novamente.

SUZI KATZUMATA, Agencia Estado

11 de junho de 2009 | 08h45

O presidente e CEO da Caterpillar disse que a meta da companhia de obter vendas e receita no valor de US$ 100 bilhões em 2020 continua alcançável. "O mundo não pode prosperar sem os equipamentos que fabricamos", disse Owens durante o encontro anual de acionistas em Chicago. "Somos a Coca-cola do mundo da manufatura." Owens disse que a construção de obras de infraestrutura nos países em desenvolvimento vão alimentar uma robusta demanda para os equipamentos da companhia. No ano passado, 66% das vendas da Caterpillar vieram de clientes de fora dos EUA. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Caterpillarvendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.