Cautela antes de resultados de bancos abate ações na Ásia

Os investidores da Ásia buscaramrefúgio no ouro e no iene antes da divulgação dos balanços debancos norte-americanos, derrubando as bolsas de valores nestaterça-feira. Os temores sobre a economia global abateram o humor apósuma série de notícias positivas que trouxeram um pouco dealívio para os mercados asiáticos no início do dia. Nesta terça-feira, o Citigroup divulga seu resultado doquarto trimestre. Ainda nesta semana serão divulgados osresultados do Merrill Lynch e do JP Morgan . O ouro, um ativo tradicionalmente seguro, era negociado a908 dólares a onça, depois de atingir recorde a 914 dólares navéspera. No Japão, o índice Nikkei caiu quase 1 por cento e encerrouabaixo dos 14 mil pontos pela primeira vez desde novembro de2005. O destaque de baixa ficou com as exportadoras, como aHonda Motor, após o iene subir ante o dólar. Mais uma notícia somou-se ao cenário de preocupação emrelação à saúde da economia japonesa. O presidente do Banco doJapão, Toshihiko Fukui, disse que o crescimento do país devedesacelerar por algum tempo. O indicador MSCI --que reúne as ações da região exceto oJapão-- caía 0,86 por cento, para 505 pontos. Em Hong Kong, a bolsa perdeu 2,38 por cento, para 25.837pontos. O banco HSBC Holdings atingiu o menor nível em 27meses. O índice da Coréia do Sul caiu 1,07 por cento, a 1.746pontos. Na Austrália, a bolsa teve a sétima perda seguida, de0,33 por cento. Por outro lado, em Taiwan o mercado avançou 3,13 por cento,a maior alta em cerca de cinco meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.