finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cautela prevalece e Bovespa cai mais de 2%

A Bolsa de Valores de São Paulooperava em queda de mais de 2 por cento nesta sexta-feira,revertendo a alta de 3,3 por cento registrada mais cedo, cominvestidores mostrando cautela em retomar as compras, mesmodepois de seis dias de perdas. Às 11h51, o Ibovespa recuava 2,37 por cento, para 46.876pontos. O volume financeiro era de 2,3 bilhões de reais. "Muita gente ficou um pouco desnorteada com a movimentaçãode ontem", disse o gestor de uma corretora nacional que preferenão ser identificado. No pior momento da quinta-feira, a bolsachegou a cair quase 9 por cento, com o dobro do giro de um diacomum. "Embora o Fed tenha tentado acalmar os mercados, o pessoalainda está muito cauteloso, porque a situação toda ainda nãoestá resolvida. Ainda existe o risco de novos fundos apareceremcom problemas... Isso tira um pouco o ânimo", complementou. Os mercados abriram com forte alta nesta sessão, animadoscom a notícia de que o Federal Reserve reduziu sua taxa deredesconto --juro cobrado pelo banco central nos empréstimos abancos comerciais--, em um movimento para acalmar os mercadosmundiais em meio aos temores com o setor de crédito e aliquidez. Nos EUA, os principais índices abriram em alta de mais de 2por cento, mas desaceleravam a alta. "Tem muita gente assustada", disse Nami Neneas,superintendente de renda variável do Banif Primus. Segundo ele,a medida do Fed ajuda, mas não é suficiente e o mercadocontinua apreensivo com notícias que ainda podem sair. (Por Juliana Siqueira)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.