Cavallo reaparecerá hoje em público

O ex-ministro da Economia da Argentina Domingo Cavallo, que esteve preso durante quase dois meses, reaparecerá hoje em público. Ele participa de um seminário, em Cambridge, para discutir a situação da Argentina e as causas que provocaram o fim da conversibilidade. Também estarão no evento os ex-presidentes do Banco Central argentino Mario Blejer e Pedro Pou - este último deixou o cargo por causa de desavenças com Cavallo.Cavallo estará frente a frente também com a número dois do FMI, Anne Krueger, que o acusou, após sua renúncia, de ter ocultado a verdadeira situação das províncias e da Argentina. Do painel participam ainda o ex-ministro de Economia Ricardo López Murphy e o atual presidente do BC, Aldo Pignanelli.Cavallo reaparece um dia após sua profecia ter se cumprido: o valor do euro igualou-se ao do dólar. Ontem, o euro rompeu a paridade com o dólar pela primeira vez desde fevereiro de 2000. Se Cavallo ainda estivesse no poder, hoje entraria em vigor a cesta de moedas criada por ele quando era ministro do falido governo De la Rúa. Pela cesta, o peso valeria o mesmo que o dólar e o euro.Leia o especial

Agencia Estado,

16 de julho de 2002 | 12h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.