CCEE registra 100% de adimplência em 2007

A liquidação das operações de compensações de sobras e déficits no mercado regulado de energia elétrica somou R$ 280,9 milhões no ano passado, com 100% de adimplência, segundo dados divulgados hoje pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Segundo comunicado da entidade, a liquidação envolveu cessões referentes ao "Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits (MCSD)", do qual participaram 42 agentes, sendo 28 devedores e 14 credores.A CCEE atua basicamente no mercado livre de energia elétrica. Em maio do ano passado, porém, a entidade assumiu a liquidação desses contratos, referentes ao mercado regulado, após negociação com os agentes do setor, basicamente as geradoras e distribuidoras de energia elétrica.O mecanismo de compensação de sobras e déficits consiste em troca de energia entre as geradoras e distribuidoras resultantes da migração de consumidores para o mercado livre (ou a volta desses para o mercado regulado), além de oscilações na demanda regional. O aumento da temperatura, por exemplo, aumenta o consumo de energia elétrica, o que pode levar as distribuidoras a superar a cota de energia contratada junto aos geradores, ocorrendo o inverso com a queda nos termômetros. O MCSD facilita os ajustes nessas situações.Para o presidente do Conselho de Administração da CCEE, Antônio Carlos Fraga Machado, o MCSD é um importante termômetro para avaliar a adimplência do mercado regulado. "Os 100% de adimplência apurados indicam que os agentes estão cumprindo integralmente suas obrigações, comportamento típico deste mercado", observou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.