CCR diz que chegou ao limite

A Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) divulgou comunicado no qual seu presidente, Renato Alves Vale, diz que a empresa mantém ''''o compromisso com o crescimento qualificado e com a geração de valor aos acionistas''''. A CCR, que administra seis concessionárias, entre elas a NovaDutra (SP-RJ) e a Autoban (SP), e é responsável por 1.452 km de estradas, perdeu os lotes leiloados ontem. Vale considerou as propostas da CCR ''''agressivas e competitivas''''. Disse que estavam no limite da responsabilidade e disciplina de capital. ''''Nossas propostas consideraram um cenário otimista de tráfego, valores de investimento compatíveis com os riscos de engenharia envolvidos, custos operacionais'''' e com ''''financiamento de longo prazo do BNDES e outras fontes''''. Para ele, aceitar valores menores para os pedágios deixaria de adicionar valor ao atual portfólio da empresa.

Teresa Navarro, O Estadao de S.Paulo

10 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.