CEF inicia distribuição de cotas de fundo imobiliário

A Caixa Econômica Federal inicia hoje a distribuição de 104,8 mil cotas do fundo imobiliário Edifício Almirante Barroso. O valor unitário de cada cota de R$ 1 mil. A aplicação mínima será de uma cota por CPF ou CNPJ. A aplicação máxima será de 1% do patrimônio do fundo, equivalente a R$ 1 milhão por CPF ou CNPJ. Como é produto é um fundo fechado, não haverá resgate de papéis. O valor distribuído mensalmente aos cotistas será igual ou superior a 95% dos rendimentos líquidos do fundo, cuja receita virá do aluguel mensal do imóvel, pago pela própria CEF. Da receita bruta do fundo, serão deduzidas a taxa de administração, despesas regulamentares e extraordinárias do imóvel, bem como 5% para a constituição de um fundo de reservas. As cotas do fundo de investimento imobiliário Edifício Almirante Barroso, lançado hoje pela Caixa Econômica Federal (CEF), serão negociadas no mercado secundário, por meio da Sociedade Operadora do Mercado de Ativos (Soma).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.