CEF: recurso para SFH está terminando

O diretor da Caixa Econômica Federal, Fernando Teixeira Carneiro, disse que o orçamento para este ano do crédito imobiliário de recursos provenientes do FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, é de R$ 600 milhões, sendo que R$ 400 milhões já foram emprestados. Ele confirmou que existe uma restrição nosrecursos para empréstimos dada a discussão da origem dos recursos para o pagamento de umadívida de R$ 40 bilhões do FGTS com os trabalhadores.Existe uma contenção orçamentária afirmou ele, além disso a CEF está tentando solucionar um descasamento entre ativos e passivos no valor de R$ 4 bilhões nos últimos anos. No ano passado a CEF lançou a caderneta de poupança premiada que captou R$ 2 bilhões, reduzindo essa diferença para o saldo negativo atual nessa conta de R$ 2 bilhões, que estão sendo cobertos por recursos próprios.Ele acredita que no ritmo de captação da poupança premiada esse descasamento estará zerado no próximo mês de junho. Ele comentou também que nas próximas duas semanas o Ministério Público estará avaliando a validade ou não da venda da Caixa Seguros, que foi contestada por liminar obtida pelo Sindicato dos Bancários do Estado de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.