Celulares da TIM virão desbloqueados a partir de fevereiro

Novidade vale para novos aparelhos; operadora diz que benefício será estendido aos já em uso por clientes

Gerusa Marques, da Agência Estado

13 de janeiro de 2010 | 19h07

A partir de 1º de fevereiro, todos os aparelhos de telefone celular vendidos pela TIM virão desbloqueados e poderão ser usados também com chips de outras operadoras. O diretor de Marketing da TIM, Rogério Takayanagi, antecipou à Agencia Estado que a medida faz parte de uma estratégia da empresa de valorizar os serviços, iniciada em outubro do ano passado com a campanha de incentivo à venda apenas do chip.

 

O desbloqueio começará pelos novos celulares, mas a ideia, segundo o diretor, é estender o benefício também aos aparelhos já em uso pelos clientes da operadora. Takayanagi disse que a decisão da TIM é anterior à proposta da Anatel de proibir o bloqueio do aparelho.

 

"Estamos focando na tarifa. Nossa confiança de que o cliente vai gostar do serviço é maior do que uma isca de atraí-lo com o telefone e depois amarrá-lo com o aparelho", afirmou.

 

Há três meses, a TIM passou a oferecer a alternativa de dar desconto no valor do pacote do sistema pós-pago em vez do subsídio ao aparelho. O desconto depende das características de cada plano, mas, segundo o diretor, supera em muitos casos 60% do valor do telefone que o cliente receberia de graça.

 

Takayanagi disse que está acabando no Brasil o mito de que operadora de telefonia dá celular de graça. Para compensar o subsídio, explica, a tarifa acaba sendo mais cara ou o aparelho é de baixa qualidade. "O que a gente tem observado é que o cliente já começa a entender que é uma vantagem para ele ter o desconto", afirmou.

 

Essa mudança de atitude, de acordo com o diretor, pôde ser percebida nas vendas de fim de ano, quando mais metade dos chips comercializados pela TIM era da modalidade de desconto no plano. Ele não revelou o volume de vendas, mas disse que foi superior ao desempenho no mesmo período de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
CelularbloqueiochipAnatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.