Divulgação
Divulgação

Cemig e subsidiárias fecham acordo para refinanciar até R$4 bilhões em dívidas

Companhia esclareceu que o acordo prevê troca de débitos com vencimento a partir de 2017 por novas amortizações programadas para ocorrer em 36 parcelas mensais

Reuters

20 de novembro de 2017 | 16h15

A Cemig e suas subsidiárias integrais celebraram acordo com os principais bancos credores para refinanciar até R$ 4 bilhões em dívidas de curto e médio prazos, informou nesta segunda-feira, 20, a elétrica mineira.

Em fato relevante, a companhia esclareceu que o acordo prevê troca de dívidas com vencimento a partir de 2017 por novas amortizações programadas para ocorrer em 36 parcelas mensais.

As prestações vencem a partir de janeiro de 2019 no caso da subsidiária Cemig GT, e a partir de julho de 2019 para a Cemig D, de acordo com o comunicado. A elétrica esclareceu, ainda, que o custo da nova dívida está em linha com as taxas praticadas pelo mercado.

++ Governo arrecada R$ 12,130 bi com leilões das usinas da Cemig

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.