Cemig quer ampliar participação no consórcio do Madeira

O presidente da Cemig, Djalma Bastos de Morais, afirmou hoje que a companhia pretende ampliar sua participação no consórcio Madeira Energia, vencedor do leilão da hidrelétrica de Santo Antonio, no Rio Madeira. Atualmente, a companhia mineira possui fatia de 10%."Estamos trabalhando para ampliar nossa sociedade no Madeira." Ele não informou, porém, em quanto seria aumentada a participação. A proposta deverá ser avaliada amanhã em reunião extraordinária do conselho de administração da Cemig.Segundo Morais, a empresa pretende disputar o leilão da hidrelétrica de Jirau, também no Rio Madeira, previsto para o início de maio de 2008. De acordo com o executivo, a vitória de hoje foi "excepcional" e credencia a companhia para outros projetos de grande porte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.