carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Cenário econômico nos emergentes ajuda a baixar a cotação da moeda

O cenário econômico favorável nos países emergentes, com destaque para a economia brasileira, e o aumento no preço das matérias-primas exportadas pelo Brasil explicam a desvalorização do dólar, segundo o economista da Rosenberg & Associados José Augusto Savasini. "A alta no preço das commodities e as boas condições da economia contribuem para a entrada de dólares, e o real tende a continuar se valorizando, podendo chegar a R$ 2,00 em breve", disse ele, ontem, ao programa Agência Estado no Ar, transmitido pela Rede Eldorado de Rádio. O economista avalia que a desvalorização cambial terá poucos efeitos na balança comercial do Brasil. Ele destaca que, para a agricultura, o interessante seria que o dólar se valorizasse para ao redor de R$ 2,30."Mas, como houve melhora nos preços dos produtos agrícolas internacionais, um dólar mais baixo não interfere tanto", comenta Savasini. Ele também acredita que a desvalorização cambial poderá ter influência mínima nas vendas externas.

Maria Regina Silva, O Estadao de S.Paulo

13 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.