finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cencosud à procura de aquisições

Com US$ 1,3 bilhão para investir em expansão - boa parte disso no Brasil - a rede chilena Cencosud (ou Centros Comerciales Sudamericanos) está em uma busca ostensiva por aquisições no País. Desde o início do ano, pelo menos três redes de supermercados nacionais já receberam propostas. Mas até agora, apenas uma parece ter ido adiante: a paulista Russi Supermercados, com sede em Jundiaí, 22 lojas no Estado e faturamento estimado para este ano em R$ 800 milhões.

O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2012 | 03h08

O Russi é uma empresa familiar com 60 anos de mercado que, no início do ano passado, contratou Oseas Santos, ex-diretor financeiro da Anhanguera Educacional que também já foi vice-presidente financeiro do Walmart. "Oseas foi contratado para preparar a empresa para a venda", diz uma fonte ligada à família Russi. O Cencosud, conforme fontes do mercado, fez uma proposta e as negociações estão em andamento. Oficialmente, o Russi nega que haja conversas.

Os chilenos também fizeram uma proposta pela mineira DMA, de 94 lojas e dona da bandeira Epa. Seus controladores, a WRV Empreendimentos e a família Nogueira, porém, não aceitaram a oferta feita pelo Cencosud e as conversas não evoluíram. O mesmo aconteceu com a rede paulista Ricoy, de Rodolfo Nagai e Paulo Tadao. Os dois avaliaram que poderiam vender a rede por um preço melhor, de acordo com fontes próximas. O Cencosud preferiu não comentar o assunto.

BEBIDAS

Corrida 'premium' na Ambev

As marcas premium da Ambev (Budweiser, Stella Artois, Bohemia e Original), que hoje somam 4% do volume da cervejaria, vão representar 8% em dois ou três anos, segundo João Castro Neves, presidente da companhia. "Queremos dobrar esse volume", disse ele a analistas. A Ambev quer mais rentabilidade e as marcas premium custam até 40% mais que Brahma e Antarctica.

MODA

De Paris para o Brasil

A francesa Naf Naf divulgou que abrirá de 40 a 50 lojas na Europa e em mercados emergentes como Chile e Brasil. A rede de roupas, que tem 142 lojas na França e mais 400 em 50 países, pertence ao grupo Vivarte. No início do ano, o presidente do Vivarte, Georges Plassat, deixou o cargo para substituir Lars Olofsson à frente do Carrefour.

SETOR AUTOMOTIVO

Estoque acabou antes

A Chrysler Brasil importou dos Estados Unidos 230 unidades do Jeep Wrangler para atender o mercado brasileiro até a metade do ano. Mas o modelo, de R$ 139 mil, já sumiu das concessionárias. Apesar do IPI mais alto, a procura, segundo fontes da empresa, surpreendeu a montadora.

COMÉRCIO ELETRÔNICO

Loja virtual da Westwing

O Westwing, clube de compras de móveis presente em 32 países, está experimentando o formato de loja virtual. O Brasil é o primeiro país a ter o site de vendas, projeto que será estendido a outros países nos próximos meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.