Centrais fazem protestos nesta sexta-feira

As centrais sindicais planejam manifestações para esta sexta-feira em todo o País. Denominado "Dia Nacional de Manifestação e Luta", os atos desta sexta reunirão trabalhadores ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Conlutas, CTB, Nova Central e CGTB e são uma continuação do ato conjunto de 11 de julho que, apesar do alarde de grande paralisação, não tomou a proporção dos protestos populares de junho.

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2013 | 02h11

Em São Paulo, além de previstos alguns atos pela cidade e da expectativa de uma paralisação de ônibus pela manhã, o principal ato deve ser na Avenida Paulista, a partir das 15h. Segundo a Força Sindical, parte dos ônibus urbanos de São Paulo vão paralisar suas atividades entre 4h e 7h. O Sindicato dos Motoristas, porém, não confirmou a greve parcial.

As centrais reivindicam do governo o cumprimento da pauta trabalhista, que tem entre os itens o fim do fator previdenciário, a redução da jornada de trabalho para 40 horas e contra o PL 4.330, que amplia a terceirização.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.