CEO afirma que Bear Stearns sofreu uma corrida ao banco

O presidente-executivo do BearStearns, Alan Schwartz, afirmou nesta segunda-feira que o bancovem sendo objeto de uma quantidade significativa de rumores einsinuações nas últimas semanas. Schwartz apontou que dado o nervosismo corrente no mercado,muitos clientes do banco agiram primeiramente para se protegerda possibilidade desses rumores serem verdadeiros. A preocupação de parte dos clientes e financiadores chegouao ponto em que muitas pessoas passaram a sacar dinheiro,segundo o executivo. Schwartz afirmou que os temores se intensificaram no fim dequinta-feira e, dada a demanda, o banco ficou preocupado com aliquidez. O banco afirma estar ciente da faixa de estimativas dosanalistas, e que os resultados do primeiro trimestre estarádentro destas estimativas. Ele disse ainda que continuará a perseguir alternativas eirá focar na proteção dos clientes e maximizar o valor dosacionistas. Segundo o vice-presidente financeiro do banco, SamuelMolinaro, os balanços do Bear Stearns serão apresentados depoisdo fechamento do mercado na próxima segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.