Cepal eleva previsão para PIB latino-americano em 2004

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), da ONU, prevê que o PIB da região vai crescer 4,5% em 2004. A previsão anterior da Cepal era um crescimento de 4,0%. Segundo o secretário-executivo da entidade, José Luis Machinea, o PIB per capita dos latino-americanos e caribenhos deverá crescer 3,0% neste ano."Temos boas notícias para 2004, mas não podemos esquecer que isso vem depois de seis anos de declínio do PIB per capita", disse Machinea. Ele observou que o PIB per capita da América Latina e do Caribe somente agora está superando o nível de 1997.O secretário da Cepal afirmou ainda que o crescimento da região neste ano é liderado por países que estão se recuperando de "implosões econômicas" (Argentina, Uruguai e Venezuela). Disse ainda que, com a incerteza que vigora quanto ao crescimento da economia global, a América Latina "provavelmente não vai crescer 4,5% novamente no ano que vem".Machinea falou a jornalistas em Santiago por ocasião da apresentação do "Estudo Econômico da América Latina e do Caribe 2003/2004". A íntegra do documento está disponível no site da Cepal (www.eclac.org). As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.