Cepal eleva previsões de crescimento da A.Latina e do Brasil

A Comissão Econômica para a AméricaLatina e o Caribe (Cepal) elevou nesta quarta-feira suasestimativas para o crescimento da região neste ano e nopróximo, em razão de uma força maior do Brasil e da Argentina. O prognóstico para o avanço do Produto Interno Bruto (PIB)da região da América Latina e do Caribe em 2007 passou de 5para 5,6 por cento. Para 2008, a previsão passou de 4,5 para4,9 por cento. "Com isso (a região) completará seis anos de crescimentoconsecutivo", disse o organismo. Em 2006, a economia da regiãocresceu 5,6 por cento. Para a expansão brasileira em 2007, a estimativa foirevista de 4,5 para 5,3 por cento. O prognóstico para o país em2008 passou de 4,5 para 5 por cento. (Antonio de la Jara)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.