Cepal reduz previsão de crescimento da América Latina em 2013 por Brasil

O crescimento econômico na América Latina e Caribe deve acelerar em 2013 em relação ao ano passado, embora em um ritmo mais lento do que previsto inicialmente, informou nesta terça-feira a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), da Organização nas Nações Unidas (ONU).

Reuters

23 de abril de 2013 | 10h22

Um crescimento mais lento no Brasil e a demanda menor pelas exportações da região, que é dependente de commodities, devem pesar sobre o crescimento neste ano.

A expectativa é de que a região registre expansão de 3,5 por cento neste ano, abaixo da estimativa de dezembro, de crescimento de 3,8 por cento, mas ainda acima da estimativa preliminar de 3,0 por cento em 2012, informou a Cepal.

Para o Brasil a projeção é de expansão de 3,0 por cento, abaixo da estimativa anterior de 4,0 por cento.

(Reportagem de Anthony Esposito)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCEPALPIB*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.