Cesta básica: alta de 1,75% em 2000

A Fundação Procon-SP, órgão da Secretaria da Justiça do Governo do Estado de São Paulo, constatou que em 2000 a cesta básica apresentou alta de 1,75%. O preço médio que em 30/12/1999 era de R$ 139,00, passou para R$ 141,43 em 29/12/2000. Por grupos, foram constatados os seguintes aumentos: alimentação, 1,27%; limpeza, 3,91% e Hig. Pessoal, 3,27%. O supermercado mais barato foi o Barateiro da Rua das Palmeiras, 187, que fina no bairro de Santa Cecília, região Central de São Paulo. Os produtos que apresentaram as maiores altas no ano foram: batata, 93,94%; cebola, 62,75% e açúcar, 37,72%. Os destaques de quedas foram: café, 19,43%; queijo muzzarela, 17,31%; feijão carioquinha, 15,45% e óleo de soja, 15,32%.

Agencia Estado,

29 de dezembro de 2000 | 19h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.