finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cesta básica atingiu recorde do Real

A cesta básica do paulistano subiu 1,36% da segunda para a terça-feira, segundo pesquisa da Fundação Procon. O valor médio dos 68 itens pesquisados atingiu R$ 149,54, o maior já desde da implementação do real. O levantamento mostra que a maior alta foi registrada nos produtos de limpeza, que ficaram 3,32% mais caros no período, seguidos pelos artigos de higiene pessoal (1,23%) e os alimentos (1,08%). Dos 68 itens pesquisados, 37 tiveram alta, 14 recuaram e 17 ficaram estáveis. Os maiores aumentos ocorreram no preço da lingüiça fresca (4,04%), da batata (3,33%) e do sabonete Lux (2,33%). No mês a cesta acumula alta de 2,02%.

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 07h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.