Cesta básica de SP tem alta de 0,86% em fevereiro

O valor da cesta básica apresentou em fevereiro uma alta de 0,86%, mostra pesquisa da Fundação Procon-SP, órgão da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, em convênio com o Dieese. O preço médio da cesta do Procon, em 31 de janeiro, era R$ 210,29 e passou para R$ 212,10 em 28 de fevereiro. O grupo limpeza foi o que registrou a maior alta, 1,61%.No grupo alimentação, as maiores altas ficaram por conta do quilo da cebola, que subiu 15,48%; do frango, que teve o quilo aumentado em 12,20%; dos ovos brancos, com a dúzia subindo 10,43%; do pote de margarina de 250 gramas, que subiu 3,95%; e da carne de primeira, que teve elevação de 2,80% o quilo. Dos 31 produtos pesquisados na variação mensal 16 apresentaram alta, 10 diminuíram de preço e cinco permaneceram estáveis.O recorde de aumentos na cesta básica desde o Plano Real foi verificado 18 de maio de 2005, quando seu valor chegou a R$ 221,09. A variação no ano é de -1,48% (base 28/12/06) e, nos últimos 12 meses, de 1,23% (base 24/02/06). Por grupo, foram verificados as seguintes variações: alimentação, 1,04%, limpeza, 1,61%, e higiene pessoal, -1,49%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.