Cesta básica do paulistano atinge preço recorde

Pesquisa diária realizada pela Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, contatou que o preço médio da cesta básica do paulistano, que ontem era de R$ 211,92, passou hoje para R$ 213,26, o maior desde a implantação do Real. O valor da cesta teve alta de 0,63%. Segundo o Procon-SP, o grupo alimentação apresentou alta de 0,52%, o grupo limpeza teve alta de 1,67% e o grupo higiene pessoal registrou alta de 0,46%. No mês de abril, a cesta básica do paulistano apresenta alta de 1,71%, nos últimos 30 dias alta de 2,56% e, no ano, a cesta apresentou alta de 2,33%. Dos 68 itens pesquisados pelo Procon-SP, 35 tiveram alta, 20 baixaram de preço e 13 permaneceram estáveis. Os maiores aumentos registrados foram: o biscoito maizena Parmalat (4,84%); o quilo da batata (4,46%); e o quilo da cebola (3,95%). As maiores quedas foram: do quilo da salsicha avulsa (-5,39%); do quilo da lingüiça fresca (-3,12%); e do quilo da carne de segunda sem osso acém (-2,23%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.