Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Cesta básica fecha semana com alta de 0,37%

Na terceira semana de janeiro de 2001, o valor da cesta básica teve alta de 0,37%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça do Governo do Estado de São Paulo, em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócios-Econômicos (Dieese). O preço médio, que no dia 11/01/2001 era R$ 138,88, passou para R$ 139,40 em 18/01/2001. Os produtos que mais contribuíram para o aumento do preço da cesta foram: a lingüiça fresca (9,68%), a salsicha avulsa (6,45%), o feijão carioquinha (5,77%), a cebola (5,75%) e a batata (4,35%), produtos que registraram as maiores altas da semana.Noacumulado do ano, a cesta apresenta queda de 1,44% (base 29/12/2000), nos últimos 30 dias, houve um aumento de 0,82% (base 18/12/2000). E nos últimos 12 meses, houve aumento de 3,06% no preço da cesta básica (base 18/01/2000).

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2001 | 14h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.