Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Cesta básica já se aproxima de R$ 190

Impactada mais uma vez pelo reflexo negativo da alta do dólar em alguns alimentos, a cesta básica na cidade de São Paulo registrou hoje mais uma alta, de 0,43%. O preço médio, segundo pesquisa diária realizada pela Fundação Procon-SP - órgão de defesa do consumidor ligado ao governo do Estado -, passou de R$ 188,62 para R$ 189,43; o que representa um novo recorde desde a implementação do Plano Real.Tanto o grupo de alimentação como o de limpeza registraram alta, de 0,26% e 2,38%, respectivamente. Apenas o de higiene pessoal apresentou recuo de preços, de 0,11%. Dos 68 itens pesquisados, 36 sofreram aumento, 13 baixaram de preço e 19 permaneceram estáveis. Segundo a pesquisa, o preço mínimo encontrado para a cesta na cidade foi de R$ 132,37; com o máximo batendo em R$ 252,31; uma variação de 91%.No mês, a cesta acumula alta de 2,49%, enquanto nos últimos 30 dias a variação chega a 11,46%. Desde a implantação do Plano Real, o custo da cesta básica já aumentou 78,04%.

Agencia Estado,

07 de novembro de 2002 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.