Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Cesta básica registra a alta de 0,05% na semana

Segundo pesquisa diária da Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, em convênio com o Dieese, durante a terceira semana do mês de junho, o preço da cesta básica registrou uma elevação de 0,05%. O valor médio, que no dia 13 de junho era R$ 146,92, subiu para R$ 147,00 no dia 21 do mesmo mês..Por grupo, foram constatadas as seguintes variações: alimentação (0,30%), limpeza (2,58%) e higiene pessoal (1,23%), ficando a variação acumulada, no mês de junho, em 0,29%, e nos últimos 30 dias, em 0,93%. No ano, o preço da cesta variou 3,94%, e nos últimos 12 meses, 11,63%.Durante a semana, os produtos que mais subiram foram: alho (3,87%), carne de segunda s/ osso (3,40%), absorvente (3,30%), cebola (3,26%) e frango resfriado (3,14%). As maiores quedas foram: linguiça fresca (6,73%), feijão carioquinha (4,55%), salsicha avulsa (4,21%), sabão em pó (3,46%), sabão em barra (3,45%). Nesta semana, os supermercados com os melhores preços da cesta básica foram:RegiãoSupermercadoEndereçoSão PauloEstrela AzulPç. Porto Ferreira, 48 A . V. GuilherminaRegião centralFuturamaAv. Angélica, 546. Sta. CecíliaRegião norteCarinhosoPça Rio Brilhante, 139. Vila Maria AltaRegião nordesteEstrela AzulPç. Porto Ferreira, 48 A . V. GuilherminaRegião sulBarateiroR. Domingos de Morais, 316. Vila MarianaRegião oesteBarateiroAv. Imperatriz Leopoldina, 845. V. Leopoldina

Agencia Estado,

22 de junho de 2001 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.