Cesta básica semanal apresentou alta de 0,97%

Na segunda semana de pesquisa do mês de abril de 2001, o valor da cesta básica na cidade de São Paulo apresentou alta de 0,97%, revela pesquisa do Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese). O preço médio, que no dia 5 de abril era R$ 143,65, passou para R$ 145,04% em 12 de abril. Os preços dos produtos de higiene pessoal foram os que apresentaram maior alta, de 1,64%. Os produtos de alimentação também apresentaram forte alta, de 1,36%. Já o preço dos produtos de limpeza caiu 2,33%. No mês de abril, o preço da cesta básica apresenta alta de 1,89%. Nos últimos 30 dias, a alta acumulada é de 3,52%. No ano, a alta acumulada é de 2,55%, e nos últimos 12 meses, de 9,33%.No período de 6 de abril a 12 de abril, os produtos que apresentaram maiores altas nos preços foram: a cebola (7,83%); o frango resfriado inteiro (7,28%); o sabonete (6,25%); lingüiça fresca (5,36%); alho (4,30%). Os produtos que apresentaram maiores quedas nos preços foram: a salsicha avulsa (4,29%); o sabão em pó (4,13%); a margarina (1,85%); o creme dental (1,12%) e o arroz tipo 2 (0,27%).Supermercados com os melhores preçosBarateiro : Rua das Palmeiras, 187 ? bairro Santa Cecília, no centro; Barateiro: Avenida Cons. Moreira Barros, 2075 ? bairro Santana, na Zona Norte; Estrela Azul: Praça Porto Ferreira, 48 A - bairro Vila Guilhermina, na Zona Leste; Barateiro: Rua Domingos de Morais, 316 ? bairro Vila Mariana, na Zona Sul; Barateiro: Avenida Imperatriz Leopoldina, 845- bairro Vila Leopoldina, na Zona Oeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.