Cesta básica sobe 0,63% e atinge novo recorde

O custo da cesta básica na cidade de São Paulo subiu 0,63% de ontem para hoje, segundo pesquisa diária realizada pelo Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual. O preço médio passou de R$ 142,51 para R$ 143,41 e é o maior desde o início do Plano Real (julho/1994). De acordo com o Procon, os produtos do grupo de alimentação tiveram alta de 0,41%, enquanto os de limpeza subiram 2,81%. O setor de higiene pessoal caiu 0,07%.Segundo o órgão do consumidor, no mês a cesta acumula alta de 3,41%. Nos últimos 30 dias, a elevação do custo da cesta básica é de 3,01%. No ano, a variação é de 1,40%. A variação acumulada desde a implantação do real, em 1994, é de 34,78% Dos 68 itens pesquisados em 70 supermercados, 23 tiveram alta, 25 baixaram de preço e 20 permaneceram estáveis. O custo mínimo da cesta básica é de R$ 97,71 e o máximo R$ 209,15, uma diferença de 114%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.