Cesta básica subiu em 15 capitais

A cesta básica apresentou alta em quinze das dezesseis capitais brasileiras em outubro. A pesquisa foi realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômico (Dieese). As maiores elevações ocorreram em Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Apenas em Aracaju houve variação negativa. Foi o quarto mês consecutivo em que predominaram as altas de preço. O custo foi superior a R$ 100,00 em oito capitais. São Paulo continua a ser a cidade onde a cesta é mais cara: R$ 122,61, o maior valor desde o lançamento do Plano Real.O tomate foi um dos principais responsáveis pela alta do mês passado, com aumentos expressivos em todas as capitais, com destaque para Porto Alegre (35,94%), Rio de Janeiro (26,80%), Salvador (24,18%) e Belo Horizonte (17,58%). A batata também teve grande contribuição, apesar de fazer parte da cesta apenas em nove capitais. As principais altas foram em Brasília (22,47%), Goiânia (18,89%), Belo Horizonte (14,85%), São Paulo (13,22%), Florianópolis (13,13%) e Curitiba (12,61%). O produto de maior peso na cesta básica - a carne bovina - também empurrou os preços em treze capitais, mas com elevações menos significativas. As maiores variações ocorreram em Brasília (3,08%), Belém (2,98%), Goiânia (2,44%) e Porto Alegre (2,43%). Foram observados recuos em João Pessoa (-1,18%), Vitória (-0,76%) e Fortaleza (-0,20%). Entre os produtos que registraram recuo, o destaque foi o feijão, que caiu em doze localidades. Considerando o salário mínimo líqüido, o custo da cesta em outubro comprometeu 88,26% do rendimento do trabalhador, enquanto que em setembro correspondia a 86% e há um ano chegava a 88,80%. Tendo como base o custo da cesta mais cara, o Dieese calcula que o salário mínimo ideal hoje para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas seria de R$ 1.030,05, ou 6,8 vezes o valor atual.Pesquisa nacional da cesta básica de outubro 2000CapitalValor (R$)São Paulo122,61Brasília116,33Porto Alegre116,18 Curitiba114,56Belo Horizonte113,55 Rio de Janeiro113,00Florianópolis108,31 Belém100,05 Vitória97,67 Recife97,55 Fortaleza94,27 Goiânia93,86 Aracaju93,75 João Pessoa90,86 Natal90,46Salvador87,59Fonte: Dieese

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.