Cesta básica tem 2o recorde na semana

A cesta básica do paulistano bateu novo recorde desde o início do Plano Real. Em comparação a ontem, o preço médio subiu 1,17% e passou para R$ 183,13, segundo pesquisa diária realizada pela Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual. O grupo alimentação novamente foi o que apresentou maior variação (de 1,27%), seguido por limpeza (0,71%) e higiene pessoal (0,79%). A variação acumulada desde a implantação do Plano Real, em junho de 1994, é de 72,11%. O custo mínimo apurado na pesquisa foi de R$ 130,18 e o máximo, de R$ 258,10, revelando diferença de 98%. Dos 68 itens pesquisados, 42 tiveram alta, 15 baixaram de preço e 11 permaneceram estáveis. No mês, o preço médio da cesta básica variou 4,91% e, no ano, acumula alta de 15,76%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.