Cesta básica tem alta de 2,65% em março

De acordo com pesquisa realizada diariamente pelo Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócios-Econômicos (Dieese), a cesta básica do paulistano apresentou alta de 2,65% no mês de março. O preço médio que no dia 23 de fevereiro era R$ 138,68 passou para R$ 142,35 em 30 de março. O grupo de produtos de limpeza foi o que apresentou maior alta, 4,40%. Outro grupo de produtos que apresentou alta foi o de alimentação, 2,82%. Já o grupo de produtos de higiene pessoal apresentou queda de 0,64%. No período de 1º a 30 de março, os produtos que mais subiram foram: o feijão carioquinha (24,39%), a batata (17,05%), queijo muzzarela fatiado (14,62%), sabão em pó (6,76%), farinha de trigo (5,80%). Neste mês, os supermercados que tinham os melhores preços da Cesta Básica por região foram: - Barateiro (R. das Palmeiras, 187. S. Cecília), no Centro da cidade; - Andorinha (Av. Parada Pinto, 2262. V. Amália), na Zona Norte; - Estrela Azul (Pça. Porto Ferreira, 48 A V. Guilhermina), na Zona Leste; - Barateiro (R. Domingos de Morais, 316. V. Mariana), na Zona Sul; - Castanha (Pç. S. Edwiges, 29. V. Remédios), na Zona Oeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.