Cesta básica tem queda de 0,26%

A pesquisa diária da Fundação Procon, realizada em convênio com o Dieese, revelou que o valor da cesta básica teve queda de 0,26% na quarta semana de outubro. O preço médio passou de R$ 140,63, no dia 19, para R$ 140,27, no dia 26. Por grupo, foram constatadas as seguintes variações: alimentação (- 0,07%), limpeza (- 0,97%) e higiene pessoal (- 0,91%), ficando a variação acumulada, no mês de outubro, em - 0,04%. No ano, a cesta variou 0,91% e, nos últimos 12 meses, 7,26%. No período de 20 a 26 de outubro, os produtos que mais subiram foram: cebola (4,55%), lingüiça fresca (4,04%), sabonete (3,13%), salsicha avulsa (2,30%) e óleo de soja (1,14%). As maiores quedas foram: sabão em barra (- 3,57%), papel higiênico fino (- 3,36%), desodorante spray (- 2,65%), alho (- 2,42%) e absorvente (- 2,35%).A variação da cesta básica em -1,11% nos últimos 30 dias gera uma expectativa de queda para o mês de outubro, após dois meses de altas: 2,21% em agosto e 1,28% em setembro. Desde a sua criação, a cesta sempre registrou variações positivas no mês de outubro, com exceção do ano de 1998, quando seus preços sofreram queda de 1,55% nesse mês.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2000 | 15h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.