Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Cesta básica teve alta de 0,89% na segunda semana de maio

O valor da cesta básica do paulistano teve alta de 0,89% na segunda semana do mês de maio. De acordo com a pesquisa diária da Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, em convênio com Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), o preço médio da cesta básica que no dia 8 de maio era R$ 213,24, passou para R$ 215,14 no dia 15 de maio. Dos 31 produtos pesquisados pelo Procon-SP, na variação semanal, 18 apresentaram alta e 12 diminuíram de preço e 1 permaneceu estável. Por grupo, foram constatadas as seguintes variações: Alimentação, 0,61%, Limpeza, -0,05% e Higiene Pessoal, 4,48%.Neste semana, os produtos que mais subiram foram: o pacote de cinco quilos do arroz tipo 2 (7,95%); o pacote de 10 unidades do absorvente aderente (7,94%); a embalagem de 500 ml do detergente líquido (5,26%); o pacote de 4 unidades do papel higiênico fino branco (5,03%); e a unidade de 90 gramas do sabonete (4,55%). As maiores quedas foram: o quilo da cebola (-7,24%); o quilo da batata (- 4,43%); o quilo alho (-2,89%); a embalagem de 400-500 gramas leite em pó integral (-2,27%); e a unidade de sabão em barra (-2,22%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.