finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cesta de compras sobe pela 6ª vez consecutiva no Rio

O custo da cesta de compras na cidade do Rio de Janeiro subiu 0,48% na terceira semana de outubro, ante alta de 0,65% na segunda semana do mês - a sexta elevação consecutiva. Na análise de 30 dias, até a terceira semana de outubro, o custo da cesta subiu 1,98%. A informação foi divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Fecomércio-RJ, que anunciou pesquisa sobre o tema.Segundo o instituto, o valor da cesta passou de R$ 288,92 para R$ 290,30 da segunda semana de outubro para a terceira. "Apesar das elevações semanais de custos, desde o início do ano, o custo da cesta registra queda de 5%. Em relação aos últimos 12 meses, a retração é de 2,54%", detalhou o instituto.Na análise semanal, o tomate foi o item que apurou o maior aumento de preços no período (8,86%), seguido por carne seca (3,72%) e frango (3,48%). "Por outro lado, a cenoura e a lingüiça foram destaques no ranking de queda (na terceira semana de outubro) visto que seus preços caíram 4,15%", informou o instituto."No período, os itens que mais encareceram foram: o tomate, a batata o frango e a maçã, que ficaram, respectivamente, 34,17%, 20,08%, 6,73% e 6,50% mais caros. Em sentido contrário, alguns itens tiveram redução de preço, como a cenoura (-11,45%), a cebola (-10,68%), a lingüiça (-5,78%) e o feijão (-3,55%)", esclareceu o instituto.A pesquisa abrange as variações de preços dos 39 itens que mais pesam no orçamento, consumidos por famílias de dez diferentes faixas de renda.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2006 | 14h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.