Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

CGU divulga lista de municípios que terão gastos fiscalizados

Órgão detectou falhas consideradas graves em 20% dos municípios verificados na última fiscalização

AE,

28 de agosto de 2009 | 11h47

O Diário Oficial da União desta sexta-feira, 28, divulga o resultado do 29º sorteio que selecionou os municípios que terão seus gastos fiscalizados pela Controladoria Geral da União. Na última fiscalização as falhas consideradas graves foram encontradas em 20% dos municípios. Em muitos casos, elas ocorrem por desinformação e despreparo do gestor público, de acordo com a CGU.

 

As obras inacabadas ou paralisadas, apesar de já terem sido pagas, são algumas das irregularidades mais frequentes. Uso de notas fiscais frias e documentos falsos também são práticas comuns. As licitações são alvo de inúmeras falhas graves.

 

Ocorrem desde a simulação até o favorecimento de empresas, passando pela participação de empresas fantasmas e apresentação de contas e superfaturamento de preços. Já foram constatadas também falta de merenda escolar e de medicamentos e irregularidades nos cadastros do Bolsa Família.

 

Os municípios sorteados no Paraná foram: Ivaí, Balsa Nova e Jardim Olinda. Na Bahia: Antônio Gonçalves, Itabuna, Potiraguá, Igrapiúna e Fátima. No Rio Grande do Sul: Igrejinha, Ronda Alta, Não-me-Toque e São Francisco de Assis. Em São Paulo: Mogi das Cruzes, Itápolis, Registro, Presidente Epitácio e Santo Antônio da Alegria. Em Minas Gerais: Montes Claros, Urucânia, Águas Vermelhas, Argirita, Catuti, Palmópolis e Araújos.

 

No Amapá, foram sorteados: Porto Grande. Em Rondônia: Ouro Preto do Oeste. No Amazonas: Fonte Boa. Em Sergipe: Itaporanga d'Ajuda. No Espírito Santo: Alegre. Em Mato Grosso do Sul: Nova Andradina. Em Alagoas: Olho d'Água Grande e Ibateguara. No Rio de Janeiro, Miguel Pereira. No Pará: Augusto Corrêa, Ponta de Pedras e Nova Esperança do Piriá. No Tocantins: Novo Alegre. Em Mato Grosso: Matupá.

 

No Rio Grande do Norte: Ipanguaçu, Água Nova e Jaçanã. Em Pernambuco: Orobó, São João e Petrolina. No Ceará: Senador Pompeu, Ubajara e Saboeiro. No Maranhão: Pirapemas, Maracaçumé e Coelho Neto. No Piauí: Dom Inocêncio, Matias Olímpio e Belém do Piauí. Na Paraíba: Duas Estradas, Itaporanga e Mato Grosso. Em Goiás: Ouro Verde de Goiás e Ouvidor. E em Santa Catarina: Imaruí e Chapecó.

Tudo o que sabemos sobre:
CGUfiscalizaçãomunicípios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.