Chanceler da Venezuela sugere moeda sul-americana

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu na segunda-feira a criação de uma moeda e um sistema financeiro sul-americanos. Para o chanceler, essa seria uma solução para descolar a região do sistema financeiro internacional, diminuir a exposição dos países às oscilações do dólar e aumentar as reservas internacionais do continente. "O caminho do Sul é caminhar com pés próprios", afirmou o ministro a jornalistas, voltando a ressaltar a necessidade de o Banco do Sul ser efetivamente implementado. A proposta foi feita por Maduro durante o encontro dos ministros das Relações Exteriores, da Fazenda e presidentes dos bancos centrais do Mercosul e países associados. (Reportagem de Fernando Exman)

REUTERS

27 Outubro 2008 | 20h46

Mais conteúdo sobre:
CRISE VENEZUELA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.