Chávez prevê barril do petróleo a US$ 70

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta quarta-feira que os preços do petróleo podem chegar a US$ 70 por barril no curto prazo, por causa de uma "crise energética" cujas causas são estruturais, entre elas a "voraz e crescente" demanda. Ele falou sobre o aumento no preço do petróleo, que esta semana superou a barreira de US$60 por barril, ao inaugurar a Primeira Cúpula Energética de Presidentes do Caribe.Segundo Chávez, a estimativa de US$ 70 "é num cenário mais otimista, mas coisas na ordem política ou geopolítica" podem complicar ainda mais a situação. O presidente venezuelando assegurou que a recente eleição do presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, "pode complicar ainda mais a evolução dos preços devido às tensões com os Estados Unidos".Ele reiterou as críticas ao modelo de desenvolvimento dos países ricos, com um desmesurado e "irracional" consumo, que avança mais rápido que a capacidade de produção. Para ele, outros fatores que influenciam o setor são a limitada capacidade de refinação e os problemas do transporte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.