Chega ao fim greve dos empregados da GM

Os trabalhadores da GM nos EUA decidiram ontem encerrar a greve iniciada na segunda-feira, depois que o sindicato United Auto Workers (UAW)anunciou ter fechado um acordo provisório com a empresa. O acordo representa uma reestruturação histórica nas obrigações da montadora com a assistência médica de seus aposentados. O pacto, porém, ainda precisa ser revisado pelos presidentes locais da UAW e então será submetido à votação dos 73 mil membros da entidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.