Chegada do verão aquece vendas de bronzeadores

O verão promete ser "quente" para as empresas de protetores solares e bronzeadores. Apenas em setembro e outubro, as vendas cresceram 24% em relação ao mesmo período do ano passado. Pelos dados da consultoria Nielsen, a expectativa para este ano é vender 970 mil litros dos produtos só no verão.As empresas esperam recuperar 99, pois o pouco calor do verão, associado a crise econômica, provocou uma baixa de 1,4% nas vendas. A gerente de produtos da Johnson & Johnson, Maria Eduarda Kertész, diz que o segmento cresce junto com o aumento da informação sobre os danos que o sol pode causar à pele. "Graças a isso, desde o início da década o setor apresenta bons índices. O pico foi em 95 com 65,8% de alta."NovidadesNa expectativa de que as vendas continuem crescendo, a indústria enche as prateleiras de supermercados e farmácias com novidades. A Johnson, dona da marca Sundown e líder do segmento de proteção solar com 42%, estima um aumento médio de 40% nas vendas deste verão sobre igual período de 99. Nesta temporada, a empresa lançou três produtos e pretende aumentar sua participação em dois ou três pontos. "A meta é vender 800 mil litros de protetor solar só neste verão", diz Maria Eduarda. As novidades da marca já estão disponíveis: um bloqueador solar com fator de proteção 50, por R$ 14,50; um protetor facial, fator 30, por R$ 12,80, e um protetor para o corpo, fator 15, em gel, por R$ 11,50.Protetor em gelOutra que aposta no gel é a divisão de consumo da Schering Plough que também criou o Coppertone Gel pra este verão por R$ 12,70. Ambas as marcas afirmam que o produto é mais fácil de aplicar e pode atrair o consumidor masculino. O diretor de marketing da empresa, Pedro Branco, diz que testou e aprovou. "Além de não ser oleoso, o que incomoda os homens, o gel não prende nos pêlos."Também otimista, a Schering espera um aumento de 25% a 30% nas vendas. Além do protetor em gel, a marca lançou um auto-bronzeador e um óleo em spray. Ainda na linha de protetores solares, chega ao mercado o Episol com fator 45.O maior número de novidades é da marca Nívea. A empresa lançou neste verão cinco protetores solares e uma linha de produtos para o cuidados pós-Sol. Há produtos infantis; bronzeadores em óleo, loção ou spray e hidratantes para o corpo.VarejoQuem está gostando de tanta oferta são os revendedores que esperam aumentar as vendas do produto. O gerente de produto da Farmais, rede com 620 farmácias em todo o País, Murilo Gilberto Marcassini, aposta alto. "Este ano devemos vender 30% mais produtos da linha solar. Só resta torcer para fazer sol."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.