Cheiro de dinheiro vira dor de cabeça para o Banco Central do Canadá

Muitos moradores acham que cédulas têm perfume de xarope de bordo, outros reclamam da falta de cheiro

Economia & Negócios,

28 de maio de 2013 | 12h41

SÃO PAULO - Muitos canadenses juram que as novas cédulas de 100 dólares do país tem perfume. E o cheiro é muito conhecido no país: xarope de bordo. Trata-se de uma bebida muito consumida no país, produzida com seiva de árvores do gênero Acer - conhecida no Brasil como bordo. As folhas da planta, muito popular no Canadá, estão na bandeira e nas cédulas de dinheiro.

As novas cédulas de plástico passaram a ser distribuídas pelo Tesouro Nacional do Canadá em novembro de 2011, e deste então as autoridades estão recebendo milhares de e-mails e cartas de moradores convencidos de que o dinheiro tem fragrância do xarope.

"Eles têm um cheiro que eu diria que parece bordo? Por favor, informe se isso é normal?", escreveu um dos moradores, preocupado.

 

O Banco do Canadá negou reiteradas vezes que não há qualquer cheiro especial no dinheiro, mas as perguntas continuam chegando diariamente, segundo reportagem do jornal Daily Mail.

 

Enquanto alguns dos moradores querem saber se as notas são ou não perfumadas, outros estam mais preocupados pelo fato de que suas notas estavam com defeito, uma vez que teriam perdido o cheiro.

"Eu gostaria de saber, de uma vez por todas, se essas notas são de fato perfumadas, e como eu posso detectar o indício de cheiro de bordo nas minhas notas, que parecem ter perdido o perfume", diz outro e-mail.

Outro morador pede que o Banco Central aumente a quantidade de perfume: "A nota que recebi perdeu seu cheiro de bordo. Eu sugiro que o Banco aumente o poder o perfume", escreveu.

O cheiro não é a única queixa em relação às novas notas, segundo a reportagem. Muitos também reclamam que a folha de bordo desenhada nas notas mais parecem uma variedade da Noruega do que as do Canadá.

Para completar, os moradores acusam o bordo da Noruega de ser uma espécie invasora, que estaria causando danos ao meio ambiente canadense. O Banco Central diz que não há verdade nas afirmações sobre as diferentes espécies.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
DinheiroperfumeCanadáBordoxarope

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.