bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Cheque do Santander divide débito com juro pela metade

O Santander lançou hoje o Cheque Essencial -, que permite o parcelamento do saldo devedor pela metade dos juros. "O objetivo é combinar a facilidade do cheque especial com a atratividade dos juros de um crédito parcelado", disse o vice-presidente executivo de Marketing e Negócios do Santander, José Paiva Ferreira.O banco trabalhou na criação desse produto durante seis meses. Segundo o vice-presidente do segmento Pessoa Física do Santander, Armando Pompeu, uma pesquisa realizada com clientes de várias instituições financeiras mostrou que, para a escolha de um banco, eles levam em consideração dois principais itens: oferta de crédito (17%) e localização (7,2%). A pesquisa também mostrou que o cheque especial é o produto de crédito mais conhecido do País, apesar de suas altas taxas. "Por isso, decidimos mexer nos juros do novo produto", disse.A taxa do crédito parcelado será metade da paga pelo cliente no cheque especial. De acordo com Pompeu, os juros médios do cheque especial no banco estão hoje em 8% ao mês. Dos 7,8 milhões de clientes pessoa física do Santander, 2,5 milhões usam o cheque especial. A carteira desse tipo de crédito é de R$ 1 bilhão. O parcelamento permitido pelo Cheque Essencial poderá ser pedido a qualquer momento pelo cliente e também poderá ser automático, realizado por decisão do banco. O saldo será dividido em 36 meses, e será cobrada uma tarifa de abertura de crédito (TAC) no valor de 6% da dívida, limitada a R$ 220,00.

SILVIA FREGONI, Agencia Estado

24 de outubro de 2007 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.