Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Cheque e DOC acima de R$ 5 mil têm nova taxa

Os bancos estão cobrando, desde quarta-feira, uma taxa sobre a emissão de cheques ou DOCs com valor igual ou superior a R$ 5 mil. A nova tarifa é conseqüência ainda da adoção, no primeiro semestre, do novo Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). As tarifas cobradas pelos bancos variam de 0,03% a 0,2% sobre o valor da emissão.Tanto a emissão de cheques quanto a de DOCs com valores abaixo de R$ 5 mil permanecem sem nenhuma alteração. Existe a possibilidade de elevação do porcentual cobrado, na medida em que o próprio cronograma de adoção do SPB prevê o aumento de restrições ao uso desses documentos. O objetivo do Banco Central é estimular cada vez mais as transações eletrônicas instantâneas por meio da Transferência Eletrônica Disponível (TED), criada em abril. O dinheiro movimentado pela TED transita instantaneamente pelo sistema bancário. Ela oferece maior garantia ao destinatário, pois a transação será completada apenas se o emissor tiver saldo suficiente na conta. Não existe possibilidade de cobrir o saldo depois da operação.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 07h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.