carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Cheques e DOCs acima de R$ 5 mil mais caros

A mudança na forma de compulsório para cheques e Documentos de Ordem de Crédito (DOCs) com valores acima de R$ 5 mil está levando muitas instituições a cobrarem, além da tarifa, uma porcentagem sobre o valor da operação. Isso porque os bancos terão que recolher uma parcela maior desse valor ao Banco Central (BC), sobre a qual não receberão nenhuma remuneração. Ou seja, para compensar o que deixarão de ganhar, os bancos vão aumentar o custo dessas operações para os clientes, mas isso vai depender da decisão de cada instituição. Grande parte delas já anunciou a porcentagem que incidirá sobre o valor do cheque ou do DOC emitido acima de R$ 5 mil. Ela deve ficar entre 0,038% e 0,2% do valor da operação. Essas mudanças já eram previstas pelas regras do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), implantado no final de abril, e o principal objetivo é estimular o uso da Transferência Eletrônica Disponível (TED) para tais operações. Veja abaixo como vai ficar esse custo para operações acima de R$ 5 mil em algumas instituições:   DOC (R$)Cheques (R$) VigênciaEletrônicoAgênciaOrdem de pagto.CompensadoABNAmro/Real01/10/2002R$ 11 + 0,10%R$ 4,80 + 0,10%R$ 21,11 + 0,10%0,10%Banco do Brasil06/12/2002R$ 9 + 0,05%R$ 5 + 0,05%R$ 19,50R$ 0,40BankBoston01/09/2002R$ 10 + 0,08%R$ 5 + 0,08% R$ 10,80 + 0,08%0,08%Bradesco25/11/2002R$ 9,80 + 0,07%R$ 5,40 + 0,07%R$ 20 + 0,07%0,07%HSBC01/12/2002R$ 10,80 + 0,062%R$ 4 + 0,062%R$ 20 + 0,045%0,045%Itaú01/11/2002R$ 10 + 0,07%R$ 5 + 0,07%R$ 20 + 0,07%0,07%Santander01/09/2002R$ 10,50 + 0,10%R$ 4 + 0,10%R$ 18 + 0,10%0,10%Unibanco01/11/2002R$ 10,70 + 0,10%R$ 4 + 0,10%R$ 21,500,10%Fonte: Banco Central e bancos

Agencia Estado,

06 de novembro de 2002 | 14h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.