Chesf tem seis interessados para consórcio no Madeira

O presidente da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Dilton da Conti Oliveira, disse hoje à Agência Estado que seis empresas privadas, nacionais e estrangeiras manifestaram interesse em formar consórcio com a estatal, para disputar o leilão de concessão de hidrelétrica de Santo Antonio, no rio Madeira, marcado para o dia 30 de outubro. Conti informou que foi encerrado ontem o prazo para que as empresas interessadas em fazer parceria com a Chesf respondessem à chamada pública aberta pela estatal. A expectativa do executivo é de que a Chesf defina no próximo dia 14 a composição do consórcio que formará para disputar o leilão. Ele ressaltou que a intenção da Chesf é ter até 49% de participação na sociedade. O próximo passo, segundo Conti, será conversar uma a uma com as empresas interessadas para a partir daí definir como poderá ser montado o consórcio. "Teremos reuniões separadas com cada um deles", disse. O executivo informou que não poderia revelar, por enquanto, o nome das empresas com as quais a Chesf está negociando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.