Chevrolet quer dobrar vendas na Europa nos próximos anos

Montadora quer expandir atuação no mercado europeu para compensar possível perda de controle da Opel

Danielle Chaves, da Agência Estado,

28 de agosto de 2009 | 14h10

O diretor da Chevrolet, divisão da General Motors, Brent Dewar, afirmou que planeja dobrar as vendas da marca na Europa nos próximos anos. O executivo, recentemente nomeado para dirigir a marca globalmente, disse que as vendas vão se expandir de 500 mil unidades vendidas na região em 2008 para 1 milhão, mas não forneceu um cronograma para alcançar a meta de crescimento.

 

O plano de Dewar deve ajudar a GM a preencher as lacunas que poderão ser criadas em seus negócios europeus se a companhia perder o controle da divisão alemã, a Opel.

 

O executivo também disse que a montadora espera que as vendas nos EUA cresçam 15% em 2010, em comparação com as 10,5 milhões de unidades que deverão ser vendidas neste ano. Além disso, Dewar afirmou que em setembro as vendas nos EUA deverão ser menores do que em agosto, já que haverá uma "ressaca" em razão do fim do programa de incentivo à compra de automóveis "dinheiro por sucata", encerrado nesta semana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChevroletEuropavendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.