finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Chile diz que 20 empresas entram em licitação de petróleo e gás

O Chile afirmou na segunda-feira que20 grandes empresas entraram na licitação para obter direitos atrabalhos de exploração e produção de petróleo e gás no extremosul do país. O Chile lançou em junho uma licitação internacional de 10blocos de hidrocarbonetos na região de Magallanes, como partede seus esforços para deixar para trás um déficit energéticoprovocado pelos envios menores de gás da Argentina, seu únicofornecedor. O Ministério de Mineração informou através de um comunicadoque as empresas que compraram os pacotes de informaçõestécnicas dos blocos são dos Estados Unidos, China, Canadá, NovaZelândia, Reino Unido, Espanha, França, Argentina, Brasil, Perue Colômbia, entre outros. O ministério não informou os nomes das empresas. "Estes 20 investidores são os operadores que continuamparticipando da licitação e que apresentarão as ofertas pelosblocos", disse a entidade. Os 10 blocos, seis em terra, três na costa e um misto,cobrem uma área de 32.356 quilômetros quadrados. Em três dos blocos, o contrato inclui o desenvolvimento deum empreendimento conjunto com a petroleira estatal chilenaENAP, e nos outros sete a empresa ofertante terá todos osdireitos de exploração e produção. Os contratos têm uma duração máxima de 35 anos, incluindouma etapa de exploração de 7 a 10 anos. De acordo com o calendário de licitações, as ofertas serãoapresentadas em outubro e o anúncio das concessões será feitoem novembro.

REUTERS

13 de agosto de 2007 | 16h39

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSCOMMODSHIDROCARBONETOSCHILE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.